Resenha: Corações feridos


CORAÇÕES FERIDOS
Autor(a): Louisa Reid
Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013 
Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?


Esse livro foi tudo o que eu não imaginei pra ele. Li sem ler sua sinopse antes, então foi aquela coisa assim surpreendente, pois esperava por algo diferente. Mas foi uma surpresa boa. Apesar de não ser um livro de romance, a escrita da autora conseguiu me conquistar, mesmo sendo algo que eu nunca tinha lido, e que talvez não me interessasse tanto se eu soubesse do que se tratava. A história é sobre duas irmãs gêmeas, uma perfeita, chamada Hephzi, e a outra nascida com a síndrome de Treacher Collins - que eu cheguei a pesquisar, pois não sabia exatamente do que se tratava - chamada Reb. O livro se divide em capítulos narrados por Reb, e outros por Hephzi, que mesmo nós sabendo que ela tenha morrido logo no início, nos conta como foram os dias que antecederam sua morte. Então a história é focada nesse mistério do que exatamente aconteceu à  Hephzi, como ela morreu, e principalmente sobre a estranha vida das duas irmãs, cujo pai era  um tirano rígido e perverso, e a mãe uma mulher relapsa que acatava as maldades do marido. Aos poucos as personagens nos vão apresentando o passado - no caso de Hephzi - e o dia-a-dia - no caso de Reb - em sua casa.
O livro é bem profundo e dramático. Empolgante; a medida que eu lia os relatos de Reb eu ficava nervosa pra ler alguma cena em que ela finalmente conseguisse fugir e eu e ela pudéssemos ter finalmente o alívio. Nossa, é muito emocionante. E ao terminá-lo eu fiz aquela reflexão de como as coisas poderiam ser diferentes se fossem tomadas outras atitudes, assim como na vida real nós deixamos de fazer muitas coisas por medo; a coragem seria apenas o essencial pra que as coisas mudassem pra melhor.
Com certeza um livro que recomendo. Diferente, forte, e muito bom.

Deixe seu comentário na parede do Toalete!
0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...