Resenha: Atormentada

ATORMENTADA

Autor(a): Jeanine Garsee 
Páginas: 304 
Editora: Jangada 
Ano: 2013 

Rinn é uma garota bipolar, que mantém o transtorno sob controle com a ajuda de medicação. Ela mora com a mãe e estuda no Colégio River Hills, onde dizem que a piscina é assombrada por Annaliese, uma adolescente que se afogou ali vinte anos antes. Quando coisas terríveis começam a acontecer aos seus colegas e não a ela, Rinn promete descobrir por que não pode ser “atingida” pelo espírito de Annaliese. Ela consegue fazer contato com o fantasma, que não se mostra nada pacífico. Ao descobrir o motivo, Rinn pede ajuda para seu namorado Nate, e elabora um perigoso plano para descobrir a verdade. Logo realidade e fantasia se confundem, até Rinn perceber que é quase impossível diferenciá-las. Diante de uma força malévola que ameaça a vida de todos de quem ela gosta, Rinn se pergunta se de fato pode confiar no que sente ou se está novamente perdendo o contato com a realidade.

Saí de uma ótima leitura (olho por olho da novo conceito) e escolhi bem, pois Atormentada foi um dos melhores livros que eu já li. Suspense, terror, romance, tudo num só livro

Rinn sofre de bipolaridade. Por culpa de sua doença é obrigada a deixar de lado sua vida na ensolarada Califórnia para ir morar com sua mãe numa cidade fria no interior. Lá ela entra numa escola nova onde conhece pessoas interessantes, e outras nem tão agraveis assim. Logo fica sabendo por suas novas amigas sobre um corredor assombrado que dá acesso a várias áreas do colégio, inclusive a piscina onde alguns anos atrás foi achado o corpo de uma estudante - que por coincidência vivia em sua nova casa antes de morrer -. Ninguém se atreve a andar por esse corredor sozinho, pois dizem que coisas estranhas costumam acontecer, por isso todos sempre passam por lá em grupo. Porém no dia de um baile do colégio, os amigos de Rinn decidem fazer uma "sessão espírita" e invocar o espírito de Annalise, confirmando assim se o fantasma realmente existe ou não. Após isso coisas horríveis começam a acontecer na vida de cada um deles, e Rinn não tira da cabeça que é tudo obra de Annalise. Agora, até que ponto as coisas que estão acontecendo são reais ou são obra da mente bipolar dela???
Esse foi um dos melhores livros que eu já li. Gostei muito da escrita da autora, da maneira como a leitura é fluída, os suspenses que ela cria, e como ela brinca com a nossa mente, pois uma hora você acha uma coisa, na outra você não sabe bem se é isso mesmo. Adoro livros assim. Eu não tenho muito o que dizer, pra mim o livro foi perfeito em todos os aspectos. Achei os personagens principais bem cativantes, a história é muito interessante, principalmente a Rinn, a doença dela foi muito bem descrita pela escritora, vê-se que ela realmente pesquisou a fundo sobre isso. Eu me senti como se estivesse assistindo a um filme desses de suspense envolvendo adolescentes. Foi bem assim desse jeito. Sem muita enrolação. Adorei e recomendo. Tenho certeza que quem gosta de livros do gênero irá curtir. 

Cuidado, spoiler!
A autora também me surpreendeu com o final. Justo quando eu já estava começando a me desanimar achando que seria do jeito que eu mais temia: tudo uma terrível alucinação da personagem, ela veio e manteve os fatos. Tudo aquilo realmente aconteceu.

Mas este foi mais um livro que teve seu fim deixado em aberto. O que pra mim também nem foi tão ruim. Só me deixou meio que curiosa, será que vai ter um segundo livro???

Deixe seu comentário na parede do Toalete!
0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...