Filme: As Donas da noite

O filme é sobre a jovem Lena que vive furtando nas ruas, até um dia furtar a pessoa errada no momento errado. Na fuga ela acaba conhecendo o policial Tom, mas por sorte consegue fugir. Nessa mesma noite ela decide sair de casa e perambular pelas ruas, quando vê um grupo de jovens passando por uma cerca que dá em um terreno aparentemente abandonado. Lá ela descobre a existência de uma boate que é comandada por três vampiras, uma delas que é a líder logo fica interessada em Lena. A vampira sempre acreditou que um dia reencontraria sua criadora reencarnada em algum outro corpo, e achou que a tinha achado na jovem. Não é de se esperar o que acontece depois, não é? Lena se transforma numa vampira. No começo é aquele desespero, mas com o tempo ela vê que não tinha nada a perder antes, tinha uma mãe ausente que mal ligava pro que ela fazia, sua vida era uma droga que provavelmente não teria um fim legal, e nesse nova vida com as outras três vampiras ela tinha de tudo. Ganhou mais confiança, beleza, amigas, uma vida regada de riqueza e curtição, além da tão sonhada eternidade. Só que com o tempo o lado negro dessa vida vai se revelando, a ficha caindo de que sua vida humana não tem mais volta, o que acaba levando-a ao desespero, principalmente quando reencontra o policial Tom e se apaixona por ele, algo que pode pôr sua amizade com as vampiras a perder.  
Esse filme ia começar a passar no canal Telecine, li a sinopse, me interessei por se tratar de um filme de vampiros e resolvi gravá-lo pra assistir mais tarde. Quando coloquei ele pra ver e botei no som original e vi que era um filme Alemão, confesso que torci o nariz. Ó, o preconceito!!! Só porque não era um filme americano já fui logo julgando. Mas me surpreendi, pois o filme foi bem legal. Gostei dos efeitos, ficaram bem feitos, gostei da história, dos atores, gostei de tudo mesmo. Achei um filme ótimo, que pode até ser meio bobo, não ter muito de espetacular, mas seria um filme que eu repetiria a dose sem pensar muito. Recomendo!!!

Deixe seu comentário na parede do Toalete!
0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...