Filme: A hospedeira


A fome e a violência foram erradicadas da Terra, bem como os problemas climáticos do planeta foram resolvidos. Estes feitos foram conquistados graças aos seres alienígenas conhecidos como almas, que ocupam corpos humanos como se fossem parasitas. Pregando uma sociedade baseada na paz, as almas perseguem os poucos humanos que ainda não foram dominados. Um deles é Melanie Stryder (Saoirse Ronan), que se sacrifica para que o irmão caçula, Jamie (Chandler Canterbury), possa escapar. Melanie passa a ser dominada por uma alma chamada Peregrina, que tem por missão vasculhar suas memórias para encontrar rastros de outros humanos. Entretanto, a consciência de Melanie ainda está viva dentro do corpo, o que faz com que Peregrina tenha que lidar com ela constantemente. Com o tempo, a alma fica cada vez mais fascinada com a vida e os sentimentos que Melanie tinha e passa a protegê-la de Buscadora (Diane Kruger), que deseja capturar seus amigos humanos o quanto antes.
Olá, amiguinhas que ainda acessam o blog! rs
Eu sei, cara de pau a minha. Sei que to sumida, mas, gente, não é culpa minha. Tem acontecido N coisas na minha vida pessoal, coisas que me deixaram bastante desmotivadas pra fazer várias coisas dos quais adoro, como por exemplo, vir aqui escrever pra vocês. Mas eu vou tentar recomeçar, ok? Eu já até voltei a minhas leituras ativa. No momento estou lendo dois livros bem legais que em breve trarei resenhas pra vocês, mas hoje não vim falar sobre isso.
Gente, é com muita satisfação que eu venho aqui contar pra vocês que eu assisti ao filme A Hospedeira, já faz um tempinho, quando ainda estava no cinema, mas tá valendo. E pelo meu começo super empolgante, você já devem esperar que eu tive uma impressão positiva do filme, certo? Pois eu tive sim. Ao contrário de Crepúsculo, Hospedeira foi perfeito. Eu confesso que ainda não li o livro, ganhei há muito tempo atrás da minha tia em um amigo oculto da família, mas como recebo muitos livros pra resenhar não tive tempo pra pegar nele. =/ E contando que os livros são melhores que os filmes, eu só posso esperar pelo melhor!!! To quase tirando ele ali da prateleira pra ler, to me segurando. Mas, se Deus quiser, em breve ele será uma de minhas próximas leiturinhas, e então venho resenhá-lo pra vocês.
Eu posso dizer que não esperava muita coisa desse filme depois do fiasco que foi a saga Crepúsculo. Me desculpem, eu amo a série de livros, mas os filmes, foram decepcionantes. O que eu posso dizer é que a titia Stephenie pode se sentar orgulhosa em sua poltrona pelo filme produzido. Muito diferente do que presenciei em Crepúsculo, nesse o diretor, os personagens, conseguiram passar todas as emoções perfeitamente. A fotografia do filme, achei perfeita. Eu tenho que admitir que fiquei até surpresa que aquela história foi escrita pela mesma autora de Crepúsculo, não que este tenha sido ruim, mas a Stephenie conseguiu criar algo tão criativo e diferente que me deixou emocionada, se é que esta é a palavra certa, não consigo pensar em outra. Sabe, o filme te faz pensar no tipo de sociedade que vivemos. Ao mesmo tempo que achamos errado o fato dessas vidas de outros planetas terem vindo pra terra e ocupado os corpos dos humanos, ficamos tocados pela forma como eles tratam uns aos outros, com respeito, sem mentiras, vivendo em harmonia. Tá, ok, eu não queria ter meu corpo invadido por uma hospedeira, mas mesmo assim foi algo a se pensar; os seres humanos bem que podiam ser assim harmoniosos.
Eu assisti o filme da primeira fileira, quase quebrando o pescoço, pois a tela estava bem acima de onde eu estava, com um bando de pré adolescentes em ebulição chutando minha cadeira toda vez que aparecia algum homem na tela (sério, quase cravei a unha na perna da que estava atrás de mim), mas valeu a pena. O filme é cheio dos clichês e possui aquela fórmula do tipo triângulo amoroso, mas saí do cinema satisfeitíssima e louca pra ler o livro. E acho que todo mundo deve fazer o mesmo. Só não espere ação, pois o filme é daquele tipo bem morninho, mas com muitos beijos e emoção. Acho que o filme não caiu no gosto de muita gente por ser parado, tanto é que o filme quase não ficou nos cinemas, acho que só ficou em cartaz por duas semanas se não me engano (fiquei bem chateada, pois queria ir de novo assistir e não consegui a tempo...) mas pra quem curtiu Crepúsculo, com certeza vai achar esse ainda melhor. Eu acho! Já, já ele deve estar chegando nas locadoras. E pra quem não aguenta esperar, deve ter vários links por aí com imagens boas.

Deixaram recados na parede do Toalete:
1 comentários:

  1. Ka eu quero ver este filme, mas sabe que nem Jogos Vorazes ainda me coloquei a ver... risos. Mas adoraria ler este livro primeiro!

    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...