Filme: Meu namorado é zumbi

Olá leitoras do Toalete Feminino. Hoje vim contar o que achei do filme Meu namorado é um zumbi, que até então nem sabia que era baseado no livro "Sangue quente" publicado aqui no Brasil pela editora Leya.
O filme como todos sabem é sobre o romance entre uma garota e um zumbi. Não, este não é mais um crepúsculo da vida. Tá, até lembra um pouquinho, mas pelo menos a menina não é tão boba quanto a Bella.
R narra sua história no filme, o momento como conhece Julie - a versão loira da Kristen Stewart - e se apaixona. Só que tem um problema, R é um zumbi, e mal acabou de comer o cérebro do namorado dela. Na verdade, na verdade, ele passa grande parte do filme comendo o cérebro do cara para conhecer mais sobre o passado dele e entender o por quê de os humanos terem medo dos zumbis, pois comendo o cérebro do humano ele pode ter as lembranças da vítima pra ele; isso tudo enquanto protege Julie dos outros zumbis dentro de sua casa: um avião, de verdade mesmo. Ele é um zumbi totalmente diferente dos outros, isso porque apesar de ele não lembrar de sua vida passada, ele possui sentimentos quase humanos, gosta de uma boa música e mesmo que lento raciocina, ao contrário dos outros zumbis que vivem a vagar pela cidade destruída em busca de cérebro. Mas depois vamos descobrindo que esses sentimentos que ressurgem são causados pelo tão poderoso amor! Oh, que meigo!
Mas esse relacionamento entre os dois não vai ser nada fácil, pois a doce Julie é nada mais nada menos do que a filha do General Grigio, que está disposto a fazer de tudo pra livrar o mundo dos zumbis.

 Ah, gente, assim, não é aquele filme tipo "Nossa, filmaço" que você vai sair do cinema querendo assistir mais uma vez seguida, mas é um filme legal. Pelo menos eu gostei. Claro que não foi lá essas coisas, mas tem seus atrativos. Ele é engraçado, por exemplo. É um típico filme engraçadinho da Sessão da tarde, que vai te proporcionar alguns momentos de diversão e de ooownnn por alguns segundo, até você lembrar de que R se trata de um zumbi que come cérebros e tipo, a Julie tá beijando a boca dele que deve ter resquícios do cerebro de seu namorado. Bleeeh! Mas não vejo muita diferença entre um vampiro e um zumbi. Ah, vai. Os dois estão mortos e não escovam os dentes. É nojento do mesmo jeito. rs
Mas eu confesso que esperava mais do filme. E achei tudo muito rápido. Você mal sente acabar. Acho que não vale a pena ir no cinema assistí-lo, melhor esperar chegar às locadoras ou chegar às TVs.
Aliás, este filme até me lembrou aqueles filmes de antingamente com tema sobrenatural. É um filme bem louco pra você nada mais do que se divertir. Só isso!

Sinopse: Em um cenário pós-apocalíptico, o zumbi R (Nicholas Hoult) passa por uma crise existencial e criando laços de amizade com uma humana chamada Julie (Teresa Palmer), uma de suas vítimas por quem acaba se interessando amorosamente. O problema é que este relacionamento acaba causando uma reação em cadeia em outros mortos-vivos, mas o general Grigio (John Malkovich) não está interessado neste tipo de mudança e sim no total extermínio da ameaça zumbi.

Deixe seu comentário na parede do Toalete!
0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...