Resenha: 50 tons de cinza

Título: Cinquenta tons de cinza
Série: 50 tons de cinza
Autora: E L James
Editora: Intrinseca
Ano: 2012
Páginas: 455
Compre já o seu!

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seu próprios termos...

Anastasia Steele é uma boa moça, ingênua, inteligente e decidida, que tem a oportunidade de entrevistar Christian Grey, um jovem empresário de sucesso, que até então ela nem conhecia, no lugar de uma amiga que ficou doente. O que acontece então já era de se esperar. Como todas as outras mulheres, Anastasia se deixa encantar pela beleza de Christian. O que ela não esperava era que ele também fosse sentir o mesmo por ela, logo ela que se julga tão sem atrativos. Mas ao embarcar nessa paixão ela acaba conhecendo um outro lado do Sr. Grey, um lado obscuro e dominador que vai deixá-la confusa e dividida entre aceitar os termos daquele pedaço de mau caminho tão complicado e entrar no mundo dos prazeres e fetiches, ou se deixar levar pela razão.

Quando eu vi esse livro sendo anunciado pela primeira vez no site da editora, não imaginava que fosse algum livro que eu gostaria de ler. Por causa da capa eu logo imaginei que fosse algum livro de algum empresário qualquer contando como ficar rico, alcançar seu sucesso, ou sei lá mais o que - viu? Preciso aprender a não julgar um livro pela capa -. Mas agora acho que ele já não é mistério nenhum pra mais ninguém, certo? O que eu vejo de gente na rua lendo esse livro, enquanto vou pro trabalho, quando volto, no metrô, no trem, no ônibus, no shopping, etc... não está no gibi - como dizia minha avó -! Até uma amiga minha que não gosta de ler devorou o livro em uma semana e veio me recomendá-lo.
Curiosa do jeito que eu sou, precisei pesquisar a respeito dele, pois se o livro era tão bom assim, não devia ser nada da chatisse que eu tinha criado na minha mente. E realmente não era. Li o começo de uma resenha em que o autor falava que a história na verdade, antes de virar livro, era uma fanfiction de Crepúsculo. Aí cheguei até a ler que o livro em si lembrava em tudo Crepúsculo - claro -, os lugares, os personagens, entre outras coisas, mas com um grande diferencial: carregado de partes calientes.
E ponha calientes nisso!
E diante de tanto reboliço, não era de se esperar que eu fosse pedir pra editora um exemplar pra resenhar. Eu precisava entrar nessa vibe também, saber se era bom.
Num primeiro momento, eu gostei da história, e gostei muito, e quando o Christian Grey alerta à Anastasia que ele não era o homem pra ela eu ficava "claro, ele é um vampiro". Juro que até quase a metade do livro eu ainda acreditava que ele fosse revelar isso pra ela, Mas isso não aconteceu. Lógico, pois o personagem não é um vampiro - Não sei dizer se na fanfiction ele também era um ser humano comum -. Então pode ficar despreocupada que este não é mais um livro de vampiros.
Passada a minha espera pelo surgimento das presas do homem, e descoberta que ele não era vampiro nenhum, continuei tranquilamente minha leitura. Quando as coisas começaram a esquentar. E meninas, preparem-se, pois se você curte uma coisa erótica, esse é o livro! Gostei demais, pois me lembrou uma série em especial que as cenas são bem assim, excitantes demais. Li resenhas de alguns homens criticando que o livro não passava de um conto erótico para mulherzinhas. Ótimo, que seja! Pra gente é realmente maravilhoso. A autora consegue te colocar dentro da história, e te fazer suspirar com o Christian Grey, que convenhamos, Ô HOMEM - se abana toda -!!! Eu já o imagino sendo interpretado pelo gostosíssimo do Matt Borner - que, chorem meninas, é gay na vida real -. Por favor, que seja ele, não vejo mais ninguém melhor na pele do personagem.
Só que tem um grande detalhe nisso tudo: o Christian Grey no decorrer do livro vai mostrando suas esquisitisses, seu lado todo dominador e autoritário, que confesso que me deixava até um pouco assustada. Não sei se é essa a palavra certa... só sei que se eu estivesse no lugar da Anastasia, eu creio que não iria mais fundo nessa relação e pularia pra fora do barco morrendo de medo na primeira oportunidade, mesmo sendo o maravilhoso do Christian Grey. Deu pra perceber que não curto muito desse negócio meio violento, né??? Se bem que a Anastasia fala de uma maneira algumas vezes que chega quase a nos convencer de que o negócio é bom. He he he.
Mas, para a minha alegria, esse lado do Christian não vai durar por muito tempo. Eu acho. Ah, o amor, é capaz de tudo. E justamente Anastasia irá amolecer o coração do todo poderoso Christian Grey, e fazê-lo ficar todo romântico e revelar os problemas de seu passado, até mesmo "curá-lo". No primeiro livro eu já achei que ele deu uma melhorada, e dizem que nos próximos fica ainda melhor. Não que eu esteja dizendo que seja ruim uma pessoa ter esse tipo de fetiche. Cada um com os seus. Mas é óbvio que o personagem tem problemas, e as vezes ele exagera, né??? Pelo menos na minha opinião...
Então, foi isso, comecei a ler gostando, na metade fui achando estranho e tendo medo do Christian e suas manias violentas, mas ele vai ficando tão irresistível... e terminei o livro toda "oooownnnn". E preciso do próximo urgente!!!!!!!!!

O que mais gostei no livro é que não tem muita lenga-lenga. O tempo inteiro o Christian está presente na história, seja em carne e osso, seja trocando e-mails, ou mensagens no celular. Então fica o tempo todo interessante. rs =D
A capa do livro também é bem legal pessoalmente. Ela é toda emborrachada. Pra quem já pegou num livro da série Fallen da Galera Record, é nesse estilo.
Justificando minhas estrelinhas... apesar do livro ter entrado pra minha lista de favoritos, acho que a autora cometeu muitas repetições, cenas que pareciam já ter acontecido, coisas desse tipo. Mas o que não muda em nada a minha opinião sobre o livro ser ótimo, só acho que a autora pecou nesse quesito.

Nota:
 

Deixaram recados na parede do Toalete:
16 comentários:

  1. O livro é tipo UAUUUUUUUUUU, sou uma greymaníaca, a trilogia é ótima, eu me apaixonei por tudo e principalmente por ele, aff, difícil imaginar minha vida sem o Grey...kkkk
    li e reli os tres livros....amooo muitooo tudo isso, mas eu quero que o Matt ou o Ian interprete Grey, eles dão certo, e não dá pra imaginar outros nesse papel...



    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumindo: você gostaria de um cara pra te dar surra na bunda e treinar teu cu.

      Excluir
  2. Achei o livro muito bom apesar das cenas repetitivas como vc disse e tbm achei ele bem mal escrito, mas apesar disso o Sr. Grey não conquista apenas a anastacia, ele conquista todas as leitoras, com todo o mistério e charme. Homens dizem que é porno pra mulherzinha, mas vai bem além disso, o jeito que o Christian sempre coloca ela em primeiro lugar tanto no sexo quanto em qualquer outra situação é uma coisa que impressiona as mulheres, assim como o Edward, e nos faz desejar vorazmente por um homem assim, a história é feita pra agradar mulheres e não homens, e conseguiu exatamente isso!
    Os próximos livros ficam melhores ainda, na minha opinião o segundo é o melhor, hehe.
    E claro, ótima resenha, adorei o site *-*

    ResponderExcluir
  3. Ah esqueci de dizer, um ator que tbm acho que ficaria ótimo além do matt é o Stephen amell, ele disse que tinha interesse e desde então consigo imaginar ele de Christian hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Nina, depois que você falou, não é que ele seria um ótimo Christian???? Vai entrar pra minha lista de possíveis atores pro filme no próximo post. XD

      Excluir
    2. Gostam de um plug anal e porrada, hein, meninas?

      Se liguem!

      Excluir
  4. Mais ridiculo que o livro , só a pessoa que Lê essa merda e acha bacana.Leitura para pessoas vazias sem cultura , preferível assistir um porno amador do que perder tempo lendo essa merda !

    ResponderExcluir
  5. Livro ridículo, pornô sendo vendido como romance. NA BOA! Quem lê este PEDAÇO DE MERDA é RETARDADA!

    "Ahhh, mas Christian Grey tem que ser salvo por amor, você não entende."

    ENTÃO SE UM CARA CHEGAR TE SENTANDO A PORRADA, QUERENDO TE ENFIAR PLUG ANAL E O CARALHO, VOCÊ ACEITA??

    Isso não é argumento! Todo mundo tá apaixonada por esse porra do Grey que é um misógino, dominador, machista e sadomasoquista. Ela se interessou por ele pelo poder, pelo dinheiro e pela dominação.

    Então, mulheres, acordem! Parem de hipocrisia.

    ResponderExcluir
  6. É, Sr "Anônimo"... são por causa de caras que pensam como você que as mulheres estão alucinadas com personagens como o Grey... Realmente vc não entendeu NAAAAAAADA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este senhor anônimo trata mulher como se deve: com respeito e não como um psicopata doente que acha normal treinar cu e perseguir doentiamente uma mulher.

      Se você gosta, parabéns. Vai pra porta da cadeia, lá tá cheio de gente ~romântica~ de esperando.

      Excluir
  7. Adorei a resenha.

    Sr(a). Anônimo feminista... para de falar merda. Você nem leu o livro e se leu não entendeu nada. Babaca!!

    Ah, mas dentro dessa nova febre de romance hot, eu recomendo um nacional "Redes Sensuais". Ele me tocou por ser mais real e pela trama mais elaborada sem deixar de lado o erotismo.

    Eu fiquei sabendo deste livro pelo Facebook e comprei pela internet, mas agora apareceu uma versão gratuita aqui neste link http://ge.tt/78mDJLP. Quem curte esse tipo de romance vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe, benzinho, mas BABABCA é quem xinga alguém de feminista sem agradecer ao movimento que lhe deu a chance de estudar, trabalhar, escolher se quer casar ou ter filhos, de sair pra balada, beber e tomar anticoncepcional. E que também lhe deu a chance de saber ler e escrever. Uma pena que você está usando essa capacidade cognitiva maravilhosa de ler para ler esta porcaria de livro.

      Beijinho.

      Excluir
  8. Redes Sensuais.. ADOREI... realista, inteligente, sexy, nacional.... nota mil !!!!

    ResponderExcluir
  9. Dá uma olhada no meu blog? Você vai encontrar muitas coisas legais! Obrigada :*
    http://poetiza-dor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. E vocês, retardadas, achando romântico um cara que espanca, usa plug anal, coloca rastreador no celular, fala que trepa com força, que a função da mulher é satisfazê-lo e acham Christian Grey... um romântico?

    Sério, além de ser um puta de um livro mau escrito, você se encantaram pelo enredo de um dominador que diz pra Anastasia que vai ter que treinar o cu dela...

    Parabéns, leitoras de 50 Tons de Cinza. Vocês além de manipuláveis tem um péssimo gosto para leitura. Melhor voltar pra Capricho e pra Contigo, pois literatura de verdade é muito avançada para vocês.

    ResponderExcluir
  11. cinquenta tons de cinza = porn de mulherzina com vergonha de acessar o porntube.

    ridículas, todas vcs por lerem esta porcaria e ainda achar que é um livro romantico.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...