Resenha: Conselho de Amiga

Título: Conselho de amiga
Autor(a): Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Ano: 2012
Compre agora! 
Ruby está completando 16 anos... mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena... e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.

Ruby é uma adolescente  e acaba de completar 16 anos. Sua vida costuma ser boa, apesar dos sofrimentos no passado. Porém tudo muda quando em sua festa de aniversário, quando seu pai, após anos sumido, aparece. E antigas emoções vem a tona, Ruby está com raiva e magoada com o seu pai por ter abandando ela e sua mãe. Suas amigas da escola a aconselham a esquecê-lo. Mas será que ela deveria mesmo esquecer seu próprio pai? Por que ele foi embora? E o mais importante: o que ele quer com ela depois desse tempo todo? Confusa, nem ela sabe como agir  e com tantas pessoas dizendo-lhe o que fazer, não consegue tomar uma atitude própia. Por acaso, ela conhece Charlie, um garoto talentoso e que parece gostar muito dela. Junto a ele, Ruby passa a ampliar sua visão do mundo e a conhecer a si própria. E, principalmente, quem são as pessoas ao seu redor. Ao suspeitar que estão escondendo algo muito importante dela, Ruby decide buscar a verdade e descobre que nem todo mundo é o que parece ser.

Minha opinião: Esse já é o segundo livro que leio de Siobhan Vivian e não tem jeito, minha reação após ler suas histórias parece ser sempre a mesma : uma icógnita. O seu diferente estilo realista de escrever me impressiona, incomoda e ao mesmo tempo me agrada. É muito louca essa sensação. É como se eu esperasse por mais, porém ainda assim recebesse algo em troca , algum apredizado, ou melhor dizendo, uma reflexão. Nesse livro ela problematiza as amizades de ensino médio, aquela vontade de se integrar a um gurpo e tentar não se sentir excluído, uma relação quase de amor e ódio entre amigas. Não sei se vocês já tiveram esse tipo de amizade, mas eu sim. Eu gostava das minhas amigas do ensino médio e desejava o bem delas e tal. E ainda assim, sentia um certo desconforto. Parece que conforme a gente vai crescendo, a nossa visão sobre as pessoas muda, se torna mais analítica e nos faz ponderar se vale mesmo a pena entrar em conflito  com uma opinião diferente da nossa e o medo de prejudicar uma amizade. Mas quer saber eu cheguei a conclusão de que a gente tem que ser sincera e saber se impor porque por mais que a pessoa  bata papo com você, ela não vai advinhar tudo o que você está sentindo. As vezes nós colocamos tanta culpa nos outros, "eles me tratam mal" ou " eles são os culpados por eu estar me sentindo assim" que nem nos damos conta de que eles podem até serem os que contribuíram para a sua situação. Mas como disse o nosso querido Shakespeare: "Eu aprendi...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;". Penso que expressar seus setimentos, o que te agrada ou não, e  garantir que respeitem você e suas opiniões contribuirá para uma amizade verdadeira e livre de dramas. Bom gente, acho que essa foi a maior opinião de todas que eu já dei nesse blog kkk  É que eu me empolguei. :P.  E vocês? Me contem como foram suas amizades de ensino médio. Beijos!!

Deixaram recados na parede do Toalete:
1 comentários:

  1. Olá, venho te convidar para sorteio
    de um lindo corpete da JM Imports
    é lindo mesmooo, to amando o meu e
    gostaria muito da sua participação
    é uma peça que vc vai amar ganhar tbm!
    Obrigada pela honra de sua presença♥
    Fique com Deus!!!
    super beijo ✿◠‿◠)✿
    www.coisasdeladdy.com
    http://www.facebook.com/coisasdeladdy

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...