Resenha: Garota Replay

Título: Garota Replay
Autor(a): Tammy Luciano
Páginas: 144
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Compre agora!

 Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também... 

Olá, gente. Hoje vou resenhar sobre o livro Garota Replay, da Thammy Luciano. Eu sempre tive curiosidade de ler algum livro da autora, principalmente o "Sou toda errada". Mas ao ler Garota Replay, infelizmente a impressão que eu tive sobre a história não foi boa. Será muito difícil falar sobre este livro nessa resenha, ainda mais se tratando de um livro de uma autora brasileira que eu tanto gosto. É com o coração na mão que venho fazer essas críticas. Mas pelo que eu li nas resenhas do Skoob, eu não fui a única a achar essas coisas, e mais: as minhas críticas apontadas desse livro, são as mesmas críticas apontadas pelas leitoras em outros livros da autora.

Thizi é uma patricinha regada de uma vida de sorte: mora em frente a praia da barra com todo conforto que uma garota gostaria de ter, tem uma empregada/babá adorável, um namorado gato, e um amigo mais gato ainda e muito gente boa, o Tito. Gente boa até demais, o que resultou numa paixão que Thizi nutre por ele em segredo. A vida dela seria perfeita se não fosse por um único dia: quando descobriu da traição do namorado, Tadeu, que logo depois de socar o nariz de Tito - por ter tirado uma foto dele beijando outra garota como prova pra levar a Thizi - acaba sofrendo um acidente de carro, ferindo gravemente não só a ele, mas também a seu melhor amigo que está beirando a morte num leito de hospital. Sim, esta é a vida, que apesar de extremamente confortável não é nem um pouco perfeita, de Thizi; fora a garota ter pais super ausentes, que vivem explorando o mundo e deixando-a aos cuidados de uma empregada de confiança. e que quase não ligam nem pra saber como ela está.
Tentando espairecer um pouco diante da confusão que virou sua vidinha, Thizi vai a uma boate onde acaba dando de cara com uma cópia idêntica sua. Quem seria esta garota, que aliás, foi totalmente hostil com ela na primeira vez que ficaram frente a frente? Seria uma irmã gêmea separada durante o nascimento? Uma simples coincidência, ou Thizi estaria ficando louca?
Bom, é basicamente isso que acontece no livro. Apesar do resumo extenso, infelizmente tenho que dizer que senti falta justamente disso: de acontecer alguma coisa no livro. A história não conseguiu me prender, e várias vezes pensei em abandonar a leitura. Não curti muito a narrativa da históira, que é em 1º pessoa, mas muito confusa, acho que a personagem é muito confusa, não dá muito detalhes das coisas a sua volta, se prende muito nas coisas que passam em sua mente, sobre o que acha do namorado e do seu amigo, e só. Quase não se vê diálogos no livro, o que deixa a história ainda mais presa nas divagações da personagem.
Também achei os diálogo muito superficiais - confusos também -, que não conseguiram me convencer. Eu não sei se os ricos falam do jeito retratado no livro, só se for, pois não senti aquela realidade nas conversas, como se você estivesse realmente ouvindo um bate papo de alguém num ônibus, ou enfim, deu pra entender, né? 
Outro ponto que irei criticar é a respeito dos assuntos abordados no livro, ou melhor, sobre os pensamentos da personagem que se você for reparar, ela volta a fazer os mesmos comentários em várias partes do livro, deixando uma coisa cansativa e redundante.
O Tito também não me encantou nada, nada. Acho que a autora pecou um pouco nos diálogos dele, deixando-o meio... Bom, ele não dizia coisas que pareciam ter sido ditas por um homem. Não me convenceu, era dramático demais, irreal demais, tipo galã de novela mexicana. É isso.
Acho que a única coisa que gostei realmente foi a reviravolta no final do livro, que eu acredito que ninguém deve ter sequer imaginado aquela situaçãoo. Com ele deu pra entender várias coisas, esclarescer várias perguntas que eu me fazia do tipo "como pode uma garota igual a ela frequentar o mesmo ambiente que ela e nunca ter sido vista antes??? E os amigos dela, os vizinhos, por que nunca encontram a tal garota replay andando por lá?". Foi surpreendente e legal. Acho que foi o que salvou tudo, o que realmente me fez pensar que valeu a pena ter lido este livro, pois até aquele momento eu me perguntava se a história iria acabar e nada iria acontecer. O.o
Eu não sei se pra um leitor mais novo, tipo uma adolescente, o livro será melhor, como li em algumas resenhas. Talvez uma adolescente não tenha as mesmas críticas que a minha. Porém acho muito difícil isso acontecer, pois pra quem me conhece, sabe que sou uma grande fã de livros juvenis, livros clichês, de amiga que gosta de amigo, etc.

Nota: 

Deixaram recados na parede do Toalete:
8 comentários:

  1. oi Karina!
    Passando pela primeira vez no seu blog e já te seguindo!
    Sou um pouco suspeita pra falar desse livro pois a autora é minha amiga pessoal. Mas acho que vc ponderou bem e fez o que é o certo deu sua opinião, afinal é para isso que fazemos resenhas não é, para sermos verdadeiras. O que importa é o autor sempre buscar melhorar e crescer e nisso a Tammy é incansável!
    Um grande beijo, prazer em conhece-la =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda! Pois é, não sou melhor amiga da Thammy como você, mas já a conheci pessoalmente em um evento, e ela é um amor de pessoa, adorei ela. Inclusive ela já esteve aqui no blog, elogiou o "trabalho" que eu faço nele, e por esses motivos, foi muito difícil pra mim ter que resenhar esse livro e com uma crítica negativa a respeito dele. Pensei até em maquiar as coisas, dar pra outra pessoa ler e ver se essa outra pessoa teria uma opinião diferente, entendeu? Mas acho que acima de tudo eu tenho que falar a verdade, do que eu achei, e infelizmente tiveram alguns pontos no livro que não me agradaram. Mas foi o que você disse, a Thammy é uma mulher competente, que está começando agora, nesse ramo pelo menos já que este, se não me engano, é o terceiro livro dela, então ela tem muito ainda pra crescer, e com certeza tem aí um futuro bem grande pela frente!
      Beijos, obrigada pela visita e por deixar sua opinião sincera! :)

      Excluir
  2. Também li esse livro pra fazer uma resenha, mas até que gostei. É meio irreal pra mim quanto aos dramas que ela passa como a ausência dos pais, mas pra mim foi bastante natural que o livro falasse das divagações dela, afinal se vc ler até o final percebe que a narrativa se passa dentro da cabeça dela o tempo todo, é como se fosse um sonho onde as coisas ficam mais confusas, e só os sentimentos é que fazem algum sentido. O Tito é bem irreal também, mas acho que é possivel que existam por aí rapazes que sejam ao menos a metade dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleska, pensando por esse ponto, não é que você tem razão? É que eu não pensei desse jeito na hora, e agora que eu li isso até que faz todo o sentido, realmente.
      Mas com certeza, o final foi excelente, surpreendente, disse isso na resenha e também disse isso até pra Glaucia. Muito bem bolado.
      Acho que minha picuinha mesmo foi com a personagem :/

      Excluir
  3. Estou lendo tantas resenhas não tão positivas...
    Mas acho que isso também é importante! Críticas construtivas são sempre válidas!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Mi, o negócio é não desanimar, ler e tirar suas próprias conclusões. Há livros que vejo milhares de resenha criticando negativamente e que quando leio morro de paixão. Sabe, cada um tem uma opinião diferente, graças a Deus! rsrs
      Beijosss

      Excluir
  4. Quero ler o livro, mas não irei com muitas expectativas, devido as opiniões que tenho visto nas resenhas ;)
    Acho a capa uma graça, linda demais!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, a capa é linda e o booktrailer é maravilhoso!!!
      Mas quem sabe você não goste, Kel?
      Tem muita gente que adorou o livro. Depois vou lá ver o que você achou.
      beijosss :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...