Resenha: Alex Cross - O Dia da Caça

Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade. Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele. O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem lei Ao chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama.
Esse é o segundo livro do James Patterson que eu leio, e por causa deste e de 4 de Julho me tornei fã do autor. E como aconteceu com 4 de Julho, O dia da caça faz parte de uma série sobre o detetive Alex Cross - este no caso é o 4º livro da série -, portanto eu li o livro totalmente as cegas, sem ter lido nenhum dos anteriores. Mas assim como em sua outra série, não tive problema algum com esta. Você que também não leu os outros livros não ficará perdido. Pelo que percebi nos livros do James, os casos dos livros sempre são solucionados no final, então você não fica depedendo dos livros anteriores pra entender perfeitamente aquele que está lendo. Acho que o único contra dessa situação de não acompanhar a série na ordem certa é o fato de você não conhecer desde o começo a vida dos personagens, como se deram alguns dos relacionamentos, etc.
Sobre a história do livro, se eu pudesse definir O dia da caça em uma palavra, com certeza seria: impressionante! Realmente é um livro que impressiona do início ao fim. Comparando ele ao outro livro do autor, este é muito mais intenso. Neste, Alex Cross passa por cada coisa de arrepiar que fico até com medo de ir pra África agora. rs
Pra quem não curte história com muitos detalhes de cenas de torturas, este não é um livro que eu recomendaria. Eu disse no início da resenha que uma boa palavra para descrevê-lo seria impressionante, e realmente é. Os detalhes que acontecem com o Alex Cross enquanto está na Nigéria, e também dos assassinatos que o cerca, é de impressionar qualquer um.
Os capítulos são curtinhos, o que eu acho ótimo, pois detesto capítulos longos demais. E o bom do autor é que ele vai direto ao ponto, sem encheção de linguiça; é uma ação atrás da outra, um mistério atrás do outro sendo solucionado. Mais uma vez me surpreendi e adorei. Pra quem gosta de história de suspense, essa série aqui é excelente!
To louca pelos outros livros. Mas por enquanto aqui no Brasil só foi lançado pela editora Arqueiro, 1 dos próximos livros da série. E a série no momento possui 17 livros. O.o Então já viu que é uma situação tensa e complicada, pois ter que aguardar o lançamento de todos esses livros... não é nada empolgante.

Nota:

Título: O dia da caça
Série: Alex Cross
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Páginas: 212
Preço: 24,90

Deixaram recados na parede do Toalete:
2 comentários:

  1. Passei para avisar que tá rolando sorteio no meu blog, uma paleta da Coastal Scents de 88 cores! Bjs

    ResponderExcluir
  2. ótimo livro com bastante suspense a resenha resume muito bem ele!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...