Ele diz sim, ela diz não

Após 13 anos de casamento, Annabelle e Jeff descobriram que “já não estavam mais tão afim um do outro”. Porém, em vez de seguirem a sabedoria popular e se separarem, o casal encontrou um meio de permanecer junto: acabar com a intimidade e competir para ver quem cria melhor os filhos. A crônica deste intenso – e, por incrível que pareça, amoroso – relacionamento expõe, com sinceridade e cinismo, o melhor e o pior da vida com duas escovas de dentes. O humor cru e (in)apropriadamente brilhante do livro promete causar risadas nos indivíduos mais bem-casados, ao mesmo tempo em que instiga o terror no coração de cada pessoa solteira que está pensando em embarcar na grande aventura nupcial. Nesta biografia comovente e hilariante, Annabelle e Jeff provam que, em um casamento, tudo o que você precisa é amor – além de uma boa dose de reclamações, codependência e vinho tinto.

Em Ele diz sim, ela diz não, Jeff e Annabelle relatam os altos e baixos da vida de casado de um jeito irreverente. Os autores são totalmente fora dos padrões de casal. Ele, sempre sonhou em um dia encontrar a mulher amada. Ela, sempre preferiu brinquedos de menino a uma Barbie. Ele - pelo menos é o que ele relata -, se apaixonou por Annabelle no primeiro minuto que a viu. Ela, apesar de sentir uma forte química entre eles, sempre o esnobou e ficou com os amigos dele, só vindo a dar uma oportunidade a ele anos mais tarde, quando ele já nem pensava mais nela.
O livro é bem diferente do que eu imaginava. Primeiro que eu pensei que se tratasse de um livro de auto-ajuda. Tudo bem, este não deixa de ser, pois acima de tudo o casal nos ensina algumas coisas do tipo: mesmo que seu casamento esteja uma loucura, relaxe! Isso vai passar. Tome como exemplo esse casal que mesmo tão opostos e com uma vida repleta de discussões, e complicações, sempre lutaram por momentos que valiam a pena.
Mas é um livro bem diferente dos auto-ajudas que estamos acostumados, pois ambos os autores contam as experiências em detalhes, desde o príncipio, como se conheceram, como começaram a namorar, casamento e suas consequências; assim como qualquer livro romântico. E tudo que eles relatam é do ponto de vista de cada um. Lemos a visão do Jeff sobre algum ponto da vida deles, depois lemos a parte da Annabelle que está sempre discordando do que o marido disse anteriormente - pra você ver como o ponto de vista de um homem e uma mulher são diferentes -, e vice e versa. rs 
Além dos pontos de vistas carregado de humor, cada capítulos traz no começo algumas pesquisas e frases sobre relacionamentos.
Eu ainda não sou casada, mas costumo dizer que tenho um "namorido", pois estou em um relacionamento de 7 anos, que está indo pros oito. Pois bem, claro que não é a mesma coisa que estar vivendo sob um mesmo teto, ter um filho, mas é quase lá, pois depois de alguns anos com a mesma pessoas as coisas tendem a esfriar em alguns momentos, assim como as discussões tendem a aumentar, e os momentos "felizes para sempre" a diminuir, e a gente tem que estar sempre fazendo de tudo para melhorar o relacionamento, trazê-lo de volta para o topo da montanha russa, se é que você me entende. E não é fácil, vou te dizer. Mas é uma coisa normal. É o que eu costumo dizer, se você não sobrevive a isso, você nunca irá sobreviver ao casamento. E é muito bom saber que você não está "sozinha no mundo", que vocês não são o único casal a passar por essas coisas, é tudo muito normal, qualquer relação é difícil; acho que viver em conjunto é difícil. E é isso que nos mostra Jeff e Annabelle!
Pois bem. Enquanto lia o livro eu pensava: será que o casal continua junto? Porque é tão difícil um relacionamento durar por muito tempo, ainda mais no mundo dos famosos. Mas eles estão juntos sim. Ufa! E no site do livro há alguns vídeos muito divertidos dos dois. Pra quem estiver curioso, assim como eu fiquei, acesse o link clicando aqui. Eu realmente espero que essa relação deles dure eternamente. Os dois, apesar dos pesares, se completam perfeitamente, e mesmo depois de passarem por tanta dificuldade, conseguiram dar a volta por cima. Eu torço muito por eles, Annabelle a louca e Jeff o romântico - de um jeito masculino, mas romântico -.
 
MORAR JUNTO 
Ele diz:
“Depois de poucos dias da chegada de Annabelle, me tornei muito consciente do fato de que ela exigia solidão e tinha os hábitos domésticos de um animal selvagem.” 
Ela diz: 
“O cara tinha um radar de nudez. Quando eu tirava a roupa, mesmo que por um segundo, ele ficava na minha frente, vibrando como se tivesse conseguido ingressos para o jogo de beisebol.” 

SEXO 
Ele diz:
“Quero transar todos os dias, mas Annabelle só quer uma vez por semana. Então, chegamos a um acordo — transamos uma vez por semana.” 
Ela diz:
“Jeff diz que falar de dinheiro antes do sexo é broxante. Eu lembro a ele que falar disso só é broxante quando a conversa é sobre não ter dinheiro. Falar de dinheiro quando se tem muita grana é excitante.” 

GRAVIDEZ 
Ele diz:
“Pelo amor de Deus, tudo que eu queria era transar um pouco sem camisinha; e agora estávamos prestes a trazer uma nova vida ao mundo!” 
Ela diz: 
“Minha bunda crescia tanto quanto uma franquia do Starbucks. Para onde quer que eu olhasse na minha cintura, lá tinha mais um pouco de bunda crescendo.”  
 
Título: Ele diz sim, ela diz não
Autores: Jeff Kahn & Annabelle Gurwitch
Editora: Best Seller
Ano: 2011
Páginas: 266
Preço: 29,90

Deixaram recados na parede do Toalete:
2 comentários:

  1. Hm, parece interessante. Gostei dos trechos engraçados. :D

    ResponderExcluir
  2. Ai miga to louca para ler este livro, parece o máximo!!!! Adoro tuas resenhas e eu to lendo uns que são o máximo também!
    beijos Saudades de vc

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...