Resenha: Um coração cheio de estrelas

Uma fábula sobre o poder ilimitado do amor. Michel é um garoto órfão que nunca conheceu os pais. Ainda assim, ele é a criança mais feliz do orfanato em que vive. É que Michel tem um segredo: o sorriso de Erin, sua melhor amiga, por quem é apaixonado. Em uma noite fria, Erin dorme e não acorda mais. Os médicos não conseguem diagnosticar o que tomou conta da menina. Ela está em coma. Arrasado, Michel sai vagando pelas ruas procurando ajuda, até encontrar uma estranha e sábia velha que lhe diz o motivo da doença de sua amiga. “A dor que a pôs para dormir é a falta de amor, por ter sido abandonada.” Michel então deve encontrar nove tipos diferentes de amor entre as pessoas, cortar um pedaço em forma de estrelas de suas roupas. Ao final a velha irá tecer um enorme coração. Um livro emocionante, em que o leitor encontra, a cada momento uma surpresa ao descobrir também amor nos pequenos detalhes da vida.
Michel é um fofo, órfão, que seria capaz de fazer de tudo pela sua amiga Erin, que infelizmente fica entre e a vida e a morte por causa de um problema no coração. Por sorte, Michel encontra uma senhora na rua e depois de lhe dar o pouco que tinha para comer esta se oferece para tecer um enorme coração cheio de estrelas que irá curar sua amiga, mas para isso Michel teria que sair em busca de nove tipo de amores e cortar um pedaço da roupa da pessoa em forma de estrela. Apesar do pânico que ele causa na cidade, cortando sorrateiramente pedaços da roupa dos outros, todos irão se comover com o motivo, assim como nós autores. Existe amor maior que esse do que o de um garotinho passar por várias situações arriscadas pra salvar sua amiga mesmo todos lhe dizendo que não tem mais salvação?   
Logo na introdução do livro a autora te pega pela emoção, relatando sobre as dificuldades que passou após o nascimento de sua filha, um dos motivos de ela ter escrito "Um coração cheio de estrelas".

O motivo de eu dar 3 estrelas não tem nada a ver com o livro em si, mas pelo meu gosto, este não é o meu tipo de livro favorito, ele nunca seria minha primeira opção. Mas mesmo assim eu gostei muito do livro, da mensagem que ele passa para nós leitores. Eu que não gosto muito de poesia, fiquei encantada com algumas das que vieram no final do livro. Há várias para cada tipo de amor, e eu adorei e até marquei algumas preferidas.
Um coração cheio de estrelas é uma ótima fonte de reflexão e inspiração, fininho, você o termina em algumas horas. Pra quem curte fábulas e poesias, com certeza vai adorá-lo. Acho que até quem não gosta muito do tipo do livro, assim como eu, vai se encantar pela história. Eu gostei de verdade! E a capa é lindinha! *___*

Nota: 

O amor pelos amigos
"Um amigo conhece a música do seu coração e canta para você quando a sua memória falhar".
Donna Roberts

"Um irmão pode não ser um amigo, porém um amigo sempre será um irmão". 
Benjamin Franklin

"O maior bem que podemos fazer pelas pessoas não é compartilhar nossas riquezas com las, mas mostrar-lhe suas próprias". 
Benjamin Disraeli

O amor pelos animais
Eu adorei essa: "Errar é humano, perdoar é canino".
Anônimo

O amor pelos livros
Eu me sinto assim depois de ler um bom livro: "Um bom livro é aquele que, ao terminá-lo, você sente vontade de convidar o autor para beber". 
Martin Amis

No meu caso é o teclaro rs :"A pena é a língua da alma"
Miguel de Cervantes
O amor à vida
"Viver é a coisa mais rara desse mundo, pois a maioria das pessoas não faz mais do que existir". 
Oscar Wilde

Bom, tem muito mais no livro, cada uma mais linda que a outra. Coloquei só algumas pra vocês se inspirarem como eu. :)

Deixaram recados na parede do Toalete:
2 comentários:

  1. Fiquei com muita vontade de ler o livro depois de ler a resenha. Parece ser muito bom, um romance cheio de emoção, envolvendo as coisas que mais gosto em minha vida: crianças e o amor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vane, é lindinho o livro. E as poesias são daquelas que ficam na memória. :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...