Mulheres solteiras não são de Marte!

Olá meninas! Hoje eu resenhar o livro "Mulheres solteiras não são de Marte!" da blogueira Letícia Vidica - Papo de calcinha. É um livro voltado para o universo feminino, lotado de dúvidas, ilusões, amores e amizades. Eu adorei as personagens e me apeguei muito a elas. Só consigo ler esse livro imaginando-o como uma série de televisão. Outro ponto muito interessante é que ele me parece absolutamente real, não é como os livros de romances que a mulher sofre um pouquinho e encontra o cara perfeito e pronto felizes para sempre -eu sei, eu também amo livros desse estilo, mas é a primeira vez que me deparo com um livro assim sem ficar com a cara amarrada quando termino de lê-lo. A mensagem no final é linda e empolgante. senti muito orgulho pelos escritores brasileiros estarem sendo reconhecidos e escrevendo ótimas hitórias. Terminei de ler o livro com um sorriso no rosto e olhos esperançosos. Quem leu sabe. Será que vai ter continuação?
        
Título: Mulheres solteiras não são de Marte!
Autora: Letícia Vidica
Editora: Universo dos livros
Páginas: 286
Ano: 2011
Preço: 19,95

Diana, Lili e Betina são amigas inseparáveis. E assim como todas as mulheres elas gostam de conversar, passear, fazer compras e namorar. Mas é claro que o universo feminino não é feito só de coisas boas. Como em um papo descontraído no bar Diana vai contando seus problemas cotidianos e seus apuros nos relacionamentos com homens de todos os tipos: canalhas, grudentos, super-heróis, traidores, fofinhos, príncipes, sapos e outros tantos babacas. Com certeza você irá se reconhecer em alguma (ou muitas) das histórias compartilhadas por essas amigas. Uma lição de vida e bom-humor que irá ajudá-la a superar, escapar e reconhecer o que cada homem tem para oferecer. Sem rodeios ou invenções. Baseado no blog Papo de Calcinha, este livro reúne uma coletânea das melhores histórias postadas no site, e algumas outras inéditas para você!

A nossa personagem principal se chama Diana, ela tem 29 anos e já está sofrendo antecipadamente a crise dos 30. Preocupada em achar seu príncipe encantado, beijando vários sapos, e mesmo tendo diversas desilusões não se deixa abalar. Ela tem também duas amigas a Lili - toda fofa, romântica que sofre horrores por ser apaixonada pelo canalha do Otávio - Aiai se eu encontro um Otávio com a minha amiga eu dou logo um chega pra lá -, e essa minha opinião me faz lembrar da outra amiga, a Betina, que eu me idenfiquei muito, no auge dos seus 40 anos parece ter cessado sua guerra com os homens e simplesmente exilou-os de sua vida. - Eu não largei os homens não! hauahau Mas o fato dela se roer quando um homem maltrata sua amiga e esta insistir em servir de capacho ( principalmente a doidinha da Lili) e ser uma pessimista metida a realista me fez sentir igual a ela. Cada capítulo é baseado num tema e é contado na maior parte no bar do Pedrão - point onde as meninas se encontram para afogar as mágoas, risadas e desabafos. A amizade delas é linda, até mesmo quando a Betina diz que vai matar a Lili por ser tão desmiolada e a Diana tentando impedir as constantes ameaças de assassinatos rsrs Essas três estão sempre unidas, na dor e no amor, seguindo suas vidas e buscando realizar seus sonhos.

Minha opinião: Ai, depois de fazer a resenha bateu uma saudade da história *-* A leitura é rápida, facíl e prazerosa. A mensagem no final é linda e empolgante. senti muito orgulho pelos escritores brasileiros estarem sendo reconhecidos e escrevendo ótimas hitórias. Terminei de ler o livro com um sorriso no rosto e olhos esperançosos, quem leu sabe... Será que vai ter continuação? São tantos tipos de caras que entram nas vidas dessas mulheres que é praticamente impossível a gente não se idenficar com uma história. As vezes dá até raiva da Diana porque aparecem uns homens tão fofos e ela não fica interessada!!! Até ela fica frustrada com isso... Vai entender, nós mulheres somos loucas. E não só sobre homens, a autora escreve também sobre família e amizade. Aquela pergunta cretina da família " Cadê o namorado?" Grrr ( risos) e a tal da brincadeira de " vai ficar pra titia, hein?". É o fim para toda mulher solteira que está com 29 e quer arranjar um homem descente e que queira algo sério, e só dá com a cara na porta. Até eu que tenho 18 "sofro" - drama teen queen - com a minha mãe que só falta botar uma placa na porta da minha casa pedindo um namorado hsuahsua Eu sei, exagerei. Mas passo cada vergonha com ela! A mãe da Diana também é assim, acho que as mães tem o dom de deixarem a gente sem graça.
Acima de tudo achei o título muito original e significatico. As pessoas deviam parar de nos achar alieníginas. Afinal, mulheres solteiras não são de Marte!!!!!! Ahá! kkkkkkkk

Bjoss gentee e obrigada Letícia pela atenção, adorei seu livro!

Deixaram recados na parede do Toalete:
5 comentários:

  1. Tô bem curiosa pra ler! hahahaha
    Adorei sua resenha!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  2. To louca pra ler esse livro, parece ótimooo!!! E eu não sei o que é essa pergunta há anos, porém, aquela "pra quando sai o casamento" tá sempre presente huahauuah Acho que a letícia agora devia escrever um livro em quea Diana está namorando um mesmo cara há algum tempo. :D
    Bjoss

    ResponderExcluir
  3. pô glaucia não tem como vc me emprestar esse livro não hein? rssss to precisando de uma mensagem assim rsss

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto da resenha. Já consta na minha lista de leiturinhas!
    Lila Czar
    seviracom30.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. ahazou!!!! q bom q gostou!!! :)
    bjo bjo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...