Agridoce



Título: Agridoce
Autora: Simone O. Marques
Páginas: 282
Editora: Multifoco
Ano: 2010
Preço: 45,00
Anya é uma garota comum, estudante de gastronomia e que mora em Florianópolis. Certa noite, ao passear pela praia ela sente um aroma que a atrai terrivelmente, um perfume, uma mistura de fragrâncias que mexe com todos os seus sentidos. Na noite seguinte ela sente o mesmo aroma e descobre que ele vem do corpo de um belo banhista que sai do mar. Cedendo ao impulso, ela vai até ele. Atormentada pelo aroma, ela precisa experimentar, então, alcança seu pescoço e o morde numa veia pulsante. Anya então descobre o prazer de degustar o sangue doce, que a fazia pensar em frutas flambadas, temperado com o sal da água, o sabor agridoce que a desperta para uma necessidade vital que fará parte de sua vida à partir de então, a necessidade de sangue.
Um dos melhores livros de vampiros que eu já li, e olha só que legal, é de uma autora brasileira. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro antes até ver no blog Ler, comer, dormir... e ler a respeito dele em um das resenhas da Nah. Eu fiquei encontada com a história, e mal podia esperar para lê-la algum dia. Só que eu não esperava que fosse ter a oportunidade de lê-la tão rápido. Primeiro pelo livro só ser vendido pela internet, o que é complicado pra eu comprar já que não possuo cartão de crédito. E segundo porque me inscrevi na promoção do blog, mas do jeito que sou sortuda, não esperava por nada. Mas eis que eu estava com sorte naquele dia e ganhei o livro. Nossa! Fiquei muuuuito feliz. E quando o livro chegou eu coloquei ele na frente de vários outros que eu devia ler. E não me arrependi. O livro te prende do início ao fim. É instigante.
Como eu já disse, o livro é sobre vampiros. Anya é uma garota comum que semrpe acreditou sofrer de uma doença genética em que não deveria sair ao sol, mas nunca soube que a verdade era muito mais complexa. Durante a noite ela era uma adolescente comum, fazia faculdade - de gastronomia -, e de vez em quando ia à praia pra espairecer. E foi numa dessas suas caminhadas na praia que tudo aconteceu. Ela foi atraída por um cheiro agridoce, de um belo rapaz que saia do mar. Ela não sabia o que estava acontecendo com ela, só que uma vontade louca de experimentar aquele sabor a consumia, e bastou uma mordida no banhista para a "doença" até então adormecida, ser despertada. Eu falo doença, pois é mais ou menos assim que a coisa toda é tratada no livro, como se fosse um vírus. No dia seguinte ela acorda em um hospital, com todo mundo achando que ela estava tentando se afogar. O que acontece depois, você já deve imaginar, certo? Anya agora é uma vampira (portadora, como diz no livro), tendo que se alimentar de sangue. Mas diferente de outros livros de vampiro, aqui em Agridoce, cada vampiro necessita de um doador que é despertado especialmente para ela; só ele pode alimentá-la do jeito que ela necessita, e também precisa disso para ficar mais forte e protegê-la. Este é chamado de Doador. Outra pessoa que também é despertada junto com o portador é o Antagonista (chamado de caçador), que é alguém que vai fazer de tudo para matá-lo. O mais legal no livro é que além de acompanharmos Anya, também sabemos todo o tempo quem é o caçador dela, como ele age, e posso dizer até que ele não é nenhum ser mau, nem ele mesmo sabe que está destinado para isso. Nós acompanhamos tudo, desde seu despertar, até a sua surpreendente descoberta da necessidade de matar Anya.

A história esbanja sensualidade. É um livro ótimo, um dos melhores do tema que eu já li. E o melhor, os personagens são daquele jeitinho brasileiro de ser. Recomendadíssimo. Li rapidinho. E agora to louca pra ler o segundo, Cítrico, e saber no que vai dar a confusão do final de Agridoce, principalmente por quem o coração de Anya vai bater mais forte, pois ela está disputadíssima, e só por caras lindos. Mas vou te dizer, minha torcida vai para o doador dela. Aaaah, ele é um fofo! *___*

Nota:
Série Agridoce:
  • Agridoce
  • Cítrico
Acesse e saiba como adquirir o seu exemplar! 

Deixaram recados na parede do Toalete:
4 comentários:

  1. Olá!
    Queria lembrar dos 2 sorteios que estão acontecendo lá no blog!Já deu uma olhadinha??Passa lá!
    http://eutenhopressaemuitacoisameinteressa.blogspot.com/2011/07/1-sorteio-mococa.html
    http://eutenhopressaemuitacoisameinteressa.blogspot.com/2011/06/4-sorteio-do-blog.html
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. #PAIAMADO preciso ler *-*
    A capa já é bem legal e agora lendo a sua resenha, quero MUITO ler!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o título do livro, o segundo também. Adoro livros que possuem títulos originais e que são explicados durante a história.*-*
    Depois dessa resenha fiquei com vontade de ler! Parece ser um estilo bem diferente das outras histórias de vampiros...
    Só achei que o Booktrailer podia ser melhor... Mas até que gostei das presas.
    Bjus

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...