Resenha: Radiante



Título: Radiante
Autora: Alyson Noel
Editora: Intrínseca
Página: 184
Ano: 2011
Preço: 29,90

Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia. Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley.
Pra quem acompanha a série "Os imortais" da Alyson Noel, saiba que Radiante é um spin-off desta série. A personagem que acompanhamos desta vez, ao invés da Ever, é a sua irmã Riley. Eu sempre adorei a Riley, e a achava muito melhor do que a Ever, mais engraçada, divertida, em Para Sempre, só que a partir do segundo livro ela para de aparecer porque finalmente atravessou a ponte, indo parar em Aqui, onde vivem todos que morrem em um mundo paralelo ao nosso, onde tudo é igual a sua antiga vida, a sua casa, as ruas, as cidades, só que com a diferença de que você está morto e com a força do pensamento pode fazer as coisas se materializarem. Só que Riley, ao contrário do que imaginava, não ficou feliz com a passagem, apesar de reencontrar seus pais, sua cadela Buttercup e até mesmo os avós; tudo era tranquilo demais. Só que isso acaba quando ela é chamada perante um conselho que lhe dá uma missão: ser apanhadora de almas, sob a supervisão de Bodhi, um garoto que ela não gosta nem um pouco logo de cara. E como se já fosse difícil ter que passar mais tempo ao lado dele, ela ainda teria uma das mais difíceis missões de primeira: convencer um dos mais aterrorizantes fantasmas chamado de Menino Radiante (taí o porquê do título), que vive aterrorizando um castelo na Inglaterra, de atravessar a ponte. Lógico que a tarefa não será nada fácil, e a Riley que sempre foi uma garota corajosa e sem papo na língua vai ver que a missão não será moleza.
Pra um primeiro livro da série, eu até que achei bom. Só que eu confesso que esperava muito mais. Até que porque a Riley foi uma das minhas personagens preferidas logo de cara em Para Sempre, até mais querida que a Ever (que covenhamos, só tem nos irritado ultimamente, mas isso é pra outra resenha). Mas eu acho que a autora faltou aproveitar mais a história. Ela teve um idéia legal nas mãos, assim como a personagem, só que não soube trabalhar muito bem nisso. Mas isso não quer dizer que o livro seja ruim, eu gostei, só achei que ele deveria ter sido mais como o final dele, porém, o início, mesmo que parado, foi fundamental para a apresentação do novo "mundo" em que Riley irá viver, os novos personagens, etc.
O livro é bem curtinho, você o consegue lê na metade de um dia, e o final é bem aterrorizante; confesso que a autora conseguiu me despertar um pouquinho de medo com uma cena bem arrepiante. rs
Espero que o segundo seja melhor, e acredito que seja mesmo. Quero acompanhar as próximas aventuras da Riley, e principalmente ver no que vai dar esse climinha entre ela e o Bodhi que logo de cara dá pra ver que vai pintar romance entre os dois. rs

Nota:

Série Radiante:
  • Radiante (Radiance)
  • Shimmer
  • Dreamland - Lançamento previsto para ainda este ano nos Estados Unidos.

Deixaram recados na parede do Toalete:
7 comentários:

  1. Ahh, eu nunca li nenhum livro da série 'Os Imortais' no começo eu até pensei em ler, mas a vontade passou, esse prece um bom livro, mas acho que me lembrou algum filme que eu vi esses dias. Ótima resenha! (:

    ResponderExcluir
  2. Nunca consegui terminar o 1º livro da série Imortal, mas quero muito ler esse livro. :D

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro a série Os imortais, e fiquei muito curiosa para ler esse livro, gosto desses livros ''spin-of'' das séries.

    Beijos*; http://bookandcupcake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Por enquanto só li Para Sempre, então nem me arrisco a querer acompanhar Radiante, já que provavelmente não vou entender mt coisa rsrs Preciso tirar um tempinho para ler Lua Azul e Terra de Sombras ;)

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  5. Radiante é meu xodozin do momento, junto com Academia de Vampiros *-*
    No começo eu detestei, afz, a Riley me dava nos nervos! AKPOSKAOPKS
    Mas eu me surpreendi e concordo com a parte que me deu medinho no final :X

    Dei muitas risadas com algumas observações da pentelha :D
    Tô curiosérrima pelo próximo :)

    ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Livro liiindo, capa linda *-* adorei a historia, ela eh bem curtinha, vc le ele todo em um dia!

    ResponderExcluir
  7. Renata Caroline X. de Noronha28 de junho de 2011 19:03

    a capa do livro é muito linda, e tudo o mais.. mas nao foi uma historia que me prendeu tanto. assim como os livros da série os imortais, qe nao me interessam muito agora. apesar de ja ter lido os 3 primeiros estou custando pra terminar de ler o quarto.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...