O mundo de vidro




Título: O mundo de vidro
Autor: Mauricio Gomyde
Editora: Porto
Edição: 3º
Preço: 20,00
Compre já!
 
Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? Nesse seu primeiro e hilariante romance, Maurício Gomyde retrata o cotidiano de um cidadão normal como tantos que se vê por aí em qualquer canto, tentando responder estas aparentemente simples perguntas. Passeando com extrema facilidade tanto pela liguagem refinada e sutil quanto pela tosca, Maurício Gomyde nos brinda com um livro de leitura fácil e extremamente agradável.

É ano novo, e Ela acaba de ficar noiva em plena Times Square.
Ele, passa os últimos segundos do ano de 1999 em seu apartamento, assistindo a um casal que acaba de ficar noivo na Times Square sendo entrevistado na TV. O que ele não imaginava era que um dia ele teria seu destino cruzado com o daquela bela moça, a reçém noiva.
Ela é uma mulher linda, inteligente, e bem sucedida; dá aula na faculdade sobre economia, escreve para uma coluna sobre o assunto em um jornal, e também dá aula do curso de Master Applications for Economic Business; quem vê assim nunca vai imaginar que Ela só faz isso pelo simples fato de gostar do que faz, e não por precisar, já que Ela possui uma fortuna herdada de sua avó.
Ele trabalha em uma repatição pública ganhando uma micharia, não possui vida social, não tem namorada, mora sozinho em um apartamento com seu papagaio "esquizofrênico", e está prestes a ter sua rotina mudada.
Ambos não tem nada em comum, mas é amor a primeira vista - tipo Eduardo e Mônica -, se é que posso chamar assim, pelo menos pra Ele, quando a vê no metrô. Ele passa aqueles poucos minutos de ida para o trabalho tentando despertar a atenção e o interesse daquela moça linda de que Ele supostamente reconhece de algum lugar que não consegue lembrar; e como suas investidas são sempre frustradas, ele decide matar um dia de trabalho e seguí-la, descobrindo pra onde ela ia todas as manhãs, e no intuito de continuar com suas investidas falhas, ele decide se inscrever no cursinho que ela dava aula. Agora pra você saber se ele vai conseguir despertar a atenção dela e conseguir o que tantor quer, só lendo. :P

Minha opinião: Eu criei muitas expectativas antes de ler esse livro por causa das resenhas no Skoob, um monte de gente dizendo que era um livro engraçado e muito bom, porém não tive a reação esperada, pelo menos não no começo. mais.
O personagem principal se transforma num maluco a partir das cenas do metrô. rsrs Primeiro que Ele vê a garota de seus sonhos como uma carne no açougue, ele só quer ela por causa de sua beleza física (se é que você está me entendendo...), e depois começa a andar atrás dela, a perseguí-la, frequentar um curso que ele não faz idéia do assunto abordado nele... como diz no booktrailer do livro, acaba se tornando uma paixão insana, ele fica literalmente obcecado. Tudo bem, vocês devem estar pensando agora: "Mas isso é a realidade! Os homens só pensam naquilo!". Mas eu sou do tipo de garota que gosta dos romances mais fofinhos e fora da realidade. :P
O personagem principal é bem louquinho, além dessa coisa meio "psicopata" ele tem um jeito beeeem esquisito. Mas não é só Ele que tem uma característica louca, Ela também. Ficou uma coisa meio forçada, irreal, me entende, tipo aqueles filmes de comédia americano com o Ashton Kutcher?  (Cheguei até a imaginar o ator no papel do personagem). Acho que seria mais interessante assistir àquelas cenas cômicas do que ler.
Mas ao longo das páginas a comédia pegou jeito, e ficou realmente hilária.Vou dizer que tiveram partes que quase me mataram de tanto rir. O livro todo é bem cômico, o autor tem um jeito sarcástico de escrever, bem divertido.
E a paixão do personagem pela garota do metrô me convenceu perto do final. Depois que ele finalmente consegue falar com ela, você vê que os sentimentos dele por ela passam a ficar mais sérios, principalmente depois que ele descobre que ela está noiva e vê que o romance entre eles é algo impossível. Agora, falando em perto do final, que dó que dá do personagem, um aperto no coração. É onde o assunto fica realmente mais sério, ao contrário do restante do livro que é comédia pura.
Mas vocês perceberam que eu só me refiro aos personagens à ELE e ELA? Pois é, outra coisa bem legal que o Maurício fez foi não dar nomes aos personagens principais, sempre se referindo a eles assim, por Ele e Ela. O restaste dos personagens, os amigos, um vendedor de uma loja, e até o papagaio, tem nome. Falando em papagaio, os animais presentes no livro são os grandes responsáveis por nos proporcionar muitas risadas.
Quanto a capa do livro, eu posso garantir que ela é muito mais bonita pessoalmente.
Também adorei o booktrailer, ficou muito bem feito.
Uma dica pra quem for começar a ler ele agora, o livro começa pelo final. Então quando for ler, eu aconselho pular esse primeiro capítulo, ou então relê-lo quando terminar, até pra entender o que aconteceu. Eu quando terminei fiquei pensando "O livro foi muito bom, mas eu queria ter certeza do que foi que aconteceu, se foi o que eu estou imaginando". Daí li uma resenha que a menina dizia isso, que o primeiro capítulo era o final. Só aí fui me dar conta disso, pois nem tinha me ligado na hora. E fui correndo relê-lo.
É isso gente, pra quem gosta de rir, e de um romance bem verdadeiro, nada daquela ficção do homem perfeito do qual estamos acostumadas, e com algumas citações da cultura brasileira, fica aí uma dica. Apesar das minhas reclamações, eu recomendo e muito esse livro.
Sabe que a maluquice dos personagens me deixou com saudades no final? rsrs Vai me entender...  

Nota:


Antiga capa do livro

Deixaram recados na parede do Toalete:
8 comentários:

  1. aaain o livro parece bem legal apesar das suas reclamações hi hi
    o trailer dele é mt legal
    eu querooo

    ResponderExcluir
  2. Opa gosto do ashton kurter e dos filmes dlee
    a estória deve ser boa então, e o livro é bem baratinho. Vou ver se arrumo dinheiro pra comprar.
    beijos meninas

    ResponderExcluir
  3. Fernanda Carvalho6 de maio de 2011 10:54

    Eu tbm não tenho nada contra o Ashton Kutcher, mto pelo contrário Kkkk

    O livro parece ser divertido, gostei!

    ResponderExcluir
  4. huhauhauhauha assim, eu tb adoro o Ashton, mas olivro me lembrou aquelas comédias românticas malucas dele tipo "A filha do chefe" onde só tem louco? Foi isso que eu tentei dizer na resenha rsrs
    Mas o livro é bom sim, eu recomendo e senti mt falta quando terminei de lê-lo.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Karina!!
    Adorei a resenha!!
    Não li este livro ainda, mas também não estou muito interessada em adquirí-lo ainda rsrs. A sinopse não chamou muito a minha atenção, mas quando minha lista de leitura diminuir mais quem sabe eu o adicione entre os desejados.
    Já estou seguindo o blog, adorei seu espaço!!
    Bjos.


    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a dica sobre o início já ser o final, vou tentar lembrar disso quando for ler rs
    A May adorou o livro e estou com ele aqui, mas depois de ler a sua resenha, me dividi um pouco... Será que vou gostar? hahahaha Vamos ver...

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  7. Eu ja tenho o livro (ganhei do próprio Maurício pelo skoob) mais até hoje não tive a oportunidade de ler! Depois da sua resenha fiquei empolgadíssima pra ler! Espero gostar do livro :)

    ResponderExcluir
  8. Olá, adorei o seu blog... e bom esse livro não faz o meu estilo, eu li, mas achei tb meio forçado os personagens!

    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...