127 Horas



127 Horas é a história real do famoso alpinista Aron Ralston, que tem que salvar a própria vida após ficar preso por um pedregulho cai que e esmaga o seu braço, num cânion isolado no Parque Nacional de Utah. Nos cinco dias seguintes, Ralston tem que ganhar coragem para sobreviver com os meios disponíveis, ao mesmo tempo em que é visitado pelas lembranças de amigos e familiares.
Wikipedia

127 horas conta a história real de um jovem aventureiro chamado Aron Ralston, que em uma de suas expedições no cânion acaba caindo em uma fenda e tendo seu braço esmagado por uma pedra, matendo-o preso. Ele passa 127 horas preso, sem ninguém pra ajudar, pois o lugar é bem isolado, e sem ninguém conhecido sabendo onde ele estava para tentar localizá-lo já que ele não costumava avisar a ninguém quando saia para suas aventuras. Aron fica 127 horas preso, sem descanso, tendo que poupar o que tinha de comer e beber - quando a água e a comida acabam ele passa a utilizar outros métodos pra suprir suas necessidades, como por exemplo, beber da própria urina e comer suas lentes de contato -, sentindo muita dor, se distraindo fazendo algumas gravações com sua câmera em que relatava pros seus familiares como estava se sentindo caso viesse a morrer, e tendo algumas alucinações e previsões de sua futura vida. No final do filme até aparece escrito que algumas das alucinações dele vieram a acontecer alguns anos depois como, se casar e ter um filho. Sim, apesar da situação arriscada, Aron não morreu. E pra sair de onde estava, ele teve que tomar uma das decisões mais difíceis de sua vida. Com certeza o ápice do filme é quando ele tem de cortar o próprio braço para conseguir sair do buraco e buscar ajuda. A cena é extensa - bem detalhista - e chocante - eu li que Aron levou 2 horas para fazer isso -. O momento em que ele sai e consegue ajuda com alguns turistas muuuuito mais a frente de onde tinha ficado preso, é emocionante. 
Aron é interpretado por James Franco, o mesmo ator que interpretou o Harry em Homem Aranha. Ele sempre foi um ótimo ator, e nesse filme não deixou a desejar. Sua atuação foi fantástica. Gostei bastante do filme. Apesar do que a gente pensa quando lê que o filme se passa quase todo com ele preso, o filme não é entediante, ele é bastante interessante e te prende a cada minuto. Com certeza é um filme que recomendo, mas aconselho a ter estômago forte, principalmente na parte que ele corta o braço. Li sobre casos em que pessoas desmaiaram assistindo essa cena do filme, ou deixaram a sala de cinema por não suportar.
Ah, além do filme, existe também um livro com os relatos do próprio Aaron, publicado aqui pela editora Seoman.
Pôster oficial


Deixaram recados na parede do Toalete:
11 comentários:

  1. Essa história me arrepia...
    Lila Czar
    seviracom30.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho vontade de ler o livro dessa história, mas ainda não tive tempo... Vou tentar assistir o filme nessa semana para poder comentar!

    Bjus e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, meninas
    O filme émt bom, mas tem q ter paciência, pois é parado (o q nao foi problema algum pra mim, pois curto este estilo de filme) e tem q ter estômago pra parte q ele corta o braço, eu mesma quase tive um treco rsrs É bem real.

    ResponderExcluir
  4. Ah, Andréa, obrigada, boa semana pra vc tb!

    ResponderExcluir
  5. esse filme parece ser tensooo
    quero ver

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...