The Road - A estrada



The Road parte da premissa do romance em que se baseia: um pai (Mortensen) e seu jovem filho (Smit-McPhee) lutam pela sobrevivência alguns anos depois de um devastador e não especificado cataclismo que destruiu a civilização, matando as plantas e quase toda a vida animal, e encobrindo a luz do sol. Alguns poucos sobreviventes passaram a utilizar o canibalismo para sobreviver, e pai e filho tentam dirigir-se ao sul, na esperança de encontrar lugares mais quentes. Durante a caminhada, eles buscam por comida e enfrentam bandos de canibais que os caçam sem qualquer resquício de humanidade. O pai carrega um revólver, que está armado apenas com duas balas, guardadas para uma eventual necessidade de suicídio. Flashbacks e sonhos revelam sequências em que a esposa comete suicídio após ter o filho e perceber que o mundo está condenado.


Nesse filme, pai e filho tentam sobreviver à fome e ao frio no meio do nada, se protegendo dos perigos que os rondam. A terra foi devastada, não se sabe porquê, não ficou explícito durante o filme, mas o que vemos é que quem sobreviveu até aquele momento não está em boa situação, pois ainda tem que enfrentar o frio - está tudo tomado por neve -, e a fome - por causa do frio, não há plantação que resista -. No meio dos sobreviventes há as guanges, que assim como as que existem hoje em dia, são fortemente armadas e cometem atos de canibalismo, por isso os sobreviventes além de terem que se preocupar com as outras consequências, ainda tem que evitar de cruzar o caminho com esse tipo de pessoa. A todo momento, o pai carrega uma arma com duas balas, uma para cada um deles caso precisem cometer suicídio se não houver outra saída. O filme me lembrou um pouco do filme "Eu sou a lenda" do Will Smith, pois durante ele nós vamos tendo flashbacks do que aconteceu com a esposa do pai da criança. Infelizmente não mostra o que aconteceu com a terra, só aquela tensão de que há alguma coisa acontecendo, mas não exatamente o quê, e algumas frases do tipo "Eu sabia que isso ia acontecer, mas ninguém acreditava". Isso me lembrou o livro "Feios" - quem já leu sabe que nesse livro o mundo que conhecemos acabou, mas não se explica como se deu o fim -. Aliás, esse filme também é baseado em um livro de mesmo nome.
O filme é parado, mas tenho certeza que você não vai  conseguir parar de ver até saber o que vai acontecer com eles. Será que eles vão conseguir ajuda? Será que existe ajuda? Será que eles irão sobreviver? Por meio deste filme nós podemos ver como seria se fôssemos os últimos sobreviventes de um cataclismo. É cada um por si, é a lei da sobrevivência. Que horror! Mas tudo isso que se passa no filme é fato. Não duvido que seria assim na realidade. Só espero que isso não aconteça...
É daqueles filmes que faz você falar sozinha com a tela do computador ou da TV, torcendo pros personagens nas partes de ação.

Deixaram recados na parede do Toalete:
10 comentários:

  1. Oi!

    Não vi o filme, só li o livro. É muito triste pensar que o mundo pode ficar assim, e vc ser um sobrevivente.
    No livro vc sofre fome, sede, cansaço e medo com os personagens, é uma coisa que te emociona muito.
    Recomendo a leitura.

    ResponderExcluir
  2. Olha, Lucia, o filme é tão emocionante quanto, mas eu acredito que o livro deve ser bem melhor, como sempre acontece. rsrs
    Eu to louca pra ler esse livro. Esse foi um dos meus filmes preferidos. Amei amei amei MESMO!!!! Pena pelo q acontece no final :/
    bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oie, tive quase certeza absoluta que é o rosa retrô. O Rosa Sereno da Koloss tbm segue essa linha de rosa queimado, é lindo tbm. Semana que vem vou falar dele no blog.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Tu sabe que várias veze spensei em ver o filme, mas dizem que é parado mesmo, daí eu pensei no filme Vírus, daí achei melhor não..rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Olá seu blog é mto legal, parabéns *-*
    segue e comenta lá o meu se gostar ? www.likesosweet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Poxa, ainda não vi esse filme. Já tentei baixar na época que saiu na internet, mas não consegui e acabei esquecendo dele... Ainda bem que o blog me lembrou rsrs

    Vou baixar, adoro o Viggo!

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    http://www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  7. Kel, é muito booom, me apaixonei pelo filme rsrs
    Baixa sim!!!

    ResponderExcluir
  8. Esse filme tá aqui na minha casa, mas ainda não vi...
    Acho que vou criar coragem e vou olhar, gostei da sua resenha.

    Olha só, meu blog tá de cara nova e com endereço novo, passa lá pra dar uma olhada.

    Bjus
    Gisele
    http://dicasdelivrosefilmes.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar do filme, mas depois da resenha bateu uma vontade louca de vê-lo! rs'
    Beijinhos,

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...