Novidades da editora Intrínseca

Romance de estreia de Margot Berwin, Nove plantas do desejo e a flor de estufa, teve os direitos cinematográficos adquiridos por Julia Roberts antes mesmo de seu lançamento.
A protagonista Lila Nova, redatora de uma agência de publicidade recupera-se de um divórcio doloroso quando percebe que sua vida é igual à sua casa: comum, nova e vazia. Mas quando conhece o belo vendedor de plantas, David Exley, um mundo todo novo se revela, e ela resolve abandonar seu “mantra pessoal” — nada de animais de estimação, nada de gente, nada de problemas —, descobre uma nova paixão, compartilhada pela autora: plantas.
Ela embarca numa viagem pelas florestas de Yucatán atrás de nove plantas místicas que trazem fama, fortuna, imortalidade e paixão. Sozinha na selva, é obrigada a aprender mais do que possa ter sonhado sobre si mesma. Uma empolgante viagem sobre  amor e autoconhecimento, Nove plantas do desejo e a flor de estufa alia mistério, aventura, e excitação, em todos os sentidos possíveis.
Estou adorando o livro, a autora escreve de um jeito bem sarcástico o que me conquistou. Em breve teremos resenha dele. 
 Soluço Spantosicus Strondus III foi um extraordinário Herói Viking. Chefe guerreiro, mestre no combate com espadas e naturalista amador, era conhecido por todo o território viking como "O encantador de dragões", devido ao poder que exercia sobre as terríveis feras.
Será que Soluço vai encontrar o antídoto para a picada da Vorpente Venenosa e ainda por cima derrotar o assustador Garra da Destruição? E ele conseguirá vencer o perigoso machado de Norberto, o Demente, para mais uma vez ser o herói da história?
Aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas: essa é a receita do sucesso da série de livros escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell - um universo irresistível que inspirou o filme de animação 3D Como treinar o seu dragão, sucesso de público no Brasil e no mundo, produzido pelos estúdios DreamWorks, que lançaram ShrekMadagascarKung Fu Panda.


 Na Cidade de Clair-Monde, em um futuro próximo, sob uma espessa camada de nuvens e bruma, vivem os habitantes de uma cidade ideal na qual, para o bem de cada indivíduo, tudo o que pode ser prejudicial é proibido: os implantes bancários subcutâneos controlam os gastos, uma brigada antissuicídios fiscaliza as crises depressivas, a compatibilidade sexual é exibida em uma tela-rastreador portátil, as drogas são vendidas livremente, todos têm direito à cirurgia estética e à juventude quase eterna.
Se não se deseja mais ser feliz, agora há escolha: viver nos confins da cidade, entre mortos-bancários, drogados, obesos, malucos. "Com a Clair-Monde, a felicidade não é mais uma utopia."
Nessa sátira a uma sociedade utópica baseada na premissa da felicidade obrigatória, em uma atmosfera de policial noir, a autora faz referências a pesos-pesados da ficção científica, como Philip K. Dick, autor de Do Androids Dream of Electric Sheep?, o livro que inspirou o filme Blade Runner. Cidade da penumbra é um retrato muito bem-acabado do consumismo e do endividamento bancário, do uso indiscriminado de remédios e drogas e da ditadura da felicidade a qualquer preço. Ao lidar com esses temas que já assombram o presente, Lolita Pille cria polêmica e aborda o totalitarismo, o racismo, a desinformação, a vigilância big brother, as cibertecnologias e assim, mais uma vez, desafia convenções.


Indiana, 1818. Sob o luar que se insinua por entre a densa floresta, uma pequena cabana se destaca. Dentro dela, o pequeno Abraham Lincoln, com apenas nove anos, está ajoelhado ao lado da cama em que a mãe agoniza, acometida do que os antigos chamavam de "doença do leite". Anos mais tarde, o magoado Abe descobriria que o mal que vitimou sua mãe foi, na realidade, obra de um vampiro.
Ao tomar o Diário Secreto de Abraham Lincoln como guia, Seth reconstitui a história real do maior presidente da história norte-americana e desvenda todos os segredos da Guerra de Secessão, além de revelar o papel crucial que os vampiros desempenharam no nascimento, na ascensão e no (quase) declínio dos Estados Unidos. Esta empolgante história estará na tela dos cinemas, com produção de Tim Burton, diretor de Alice no País das Maravilhas e A fantástica fábrica de chocolate.


E o tão esperado "Crescendo" da série Hush Hush também está chegando!!!
Leia o primeiro capítulo!!!!



O primeiro livro do ator, cantor e escritor, um thriller policial chamado Eu mato, publicado no Brasil em março de 2010, vendeu impressionantes 15 mil exemplares por aqui – e incríveis 3,5 milhões de exemplares na Itália.
O mais novo sucesso de Faletti chama-se Confissões de um cafetão e está previsto para publicação em 2012.
Eu sou Deus, título anterior a esse, será lançado pela Intrínseca em fevereiro de 2011.
Sinopse: A história gira em torno de um homem sobrevivente da Guerra do Vietnã, um homem com feridas de guerra, teve queimaduras graves no rosto e sobre toda superficie do corpo devido a um ataque de napalm. De volta em casa o homem é visto com curiosidade e repulsa pelas pessoas ao seu redor, isso desperta sua ira e sede de vingança…


contador de visitas gratis Pessoas vieram conferir as novidades!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...